6 de dezembro de 2008

Pra começar....

Bom...Há algum tempo vinha querendo um espaço em que eu pudesse me expressar, então foi essa noite que resolvi começar. 

Nunca pensei que fosse tão difícil escrever sobre mim, afinal de contas quem melhor para falar sobre mim, senão eu mesma. Mas aí é que está. 

Falar sobre mim é a coisa mais difícil de ser feita, pois sei o quanto sou complicada e põe complicada nisso... Muitas vezes não me entendo e na verdade acho que nem faço questão que isso aconteça. 

Calma! Eu não sou maluca! 

A questão é que se eu me entendesse, tenho pra mim que a minha vida seria tão sem graça. Por quê? Pelo simples fato de que eu não teria mais o que pensar sobre mim, sobre as atitudes que tomo em determinadas situações... 

A vida é uma eterna escola, onde estamos sempre aprendendo...Ás vezes fico pensando como alguém pode falar que me conhece tanto se nem eu mesmo me conheço. 

Como a vida é complicada ou será que eu é quem a complico tanto?! Sei lá. 

Uma estrofe que eu gosto muito é a da música "Teatros dos vampiros" do Legião Urbana que é assim:

"SEMPRE PRECISEI DE UM POUCO DE ATENÇÃO. ACHO QUE NÃO SEI QUEM SOU, SÓ SEI DO QUE NÃO GOSTO. E NESSES DIAS TÃO ESTRANHOS, FICAM AS POEIRAS SE ESCONDENDO PELOS CANTOS ".
(Legião Urbana acertou)

Então começo assim....
Postar um comentário